Faculdade Guairacá é sede do 1º Seminário Internacional de Psicologia do Esporte

Públicado em 01/11/2017
Imprimir
seminário internacional

Na noite dessa terça-feira, 31, a Faculdade Guairacá foi sede do 1º Seminário Internacional de Psicologia do Esporte. Realizado no auditório da instituição, o evento contou com a presença de profissionais e estudantes das áreas de Psicologia, Fisioterapia e Educação Física, além de atletas guarapuavanos.

A palestra de abertura ficou por conta da professora Cristina Costa Lobo, diretora do Departamento de Psicologia e Educação da Universidade Portucalense, de Portugal. Cristina também coordena o Serviço Psicopedagógico de Promoção de Habilidades Cognitivas dos Atletas de Competição do Futebol Clube de Porto, um dos maiores clubes lusitanos. “Minha história na psicologia esportiva começou no Futebol Clube de Porto, onde tive a oportunidade de acompanhar alguns estágios de alunos do Mestrado nessa área. A partir de então, nos aprofundamentos nas pesquisas tive a possibilidade de auxiliar os atletas da melhor maneira possível em diferentes variáveis”, contou a professora Cristina.

Na sequência, foi realizada uma mesa redonda a fim de debater o treinamento desportivo multidisciplinar para atletas de alto desempenho. Na ocasião, o público presente pode interagir, contar experiências pessoais e tirar dúvidas com a mesa de professores, composta pelo professor Luiz Alfredo Braun Ferreira (coordenador do curso de Fisioterapia da Faculdade Guairacá), o professor Marcus Vinícius Soares Martins (do Colegiado de Educação Física da Guairacá e Unicentro) e a professora Jaqueline Puquevis de Souza (do Colegiado de Psicologia da Guairacá e coordenadora pedagógica do Serviço Psicoeducacional para Atletas de Competição no Paraná – SPAC – PR). “Nós temos um projeto que já acontece há dois anos. Em 2017 tivemos a oportunidade de firmar uma parceria com a Faculdade Portucalense e, através da professora Cristina, transformar aquilo que nós já fazíamos, num projeto de extensão que fornece suporte psicológico para os atletas de competição do Paraná, principalmente os da Faculdade Guairacá”, comentou a professora Jaqueline.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

*