A importância do exame radiográfico para o diagnóstico no tratamento odontológico, por Ana Paula Traiano

Públicado em 17/07/2017
Imprimir
foto

A Radiologia e Imaginologia odontológica é uma especialidade da Odontologia que realiza exames por imagem de alta qualidade, o qual fornece o máximo de informações da região a ser analisada, transformando-se, assim, em um significativo recurso auxiliar de diagnóstico odontológico.

Os três tipos de radiografias mais utilizados são as Periapicais (retiradas de dentro da boca), as Panorâmicas e a Tomografia Computadorizada Volumétrica – Cone Beam. As radiografias periapicais são muito utilizadas para diagnósticos precisos em um único dente ou região. A radiografia panorâmica é de uso amplo, que permite uma visão geral das arcadas dentárias do paciente, auxilia na localização de possíveis patologias como: lesões ocultas, a presença de alterações ósseas, cistos odontogênicos, dentes supranumerários (alteração no número normal de dentes), dentes não irrompidos, corpos estranhos e outros. A Tomografia Computadorizada Cone Beam é um método de diagnóstico por imagem tridimensional que permite obter a reprodução da face em qualquer um dos três planos do espaço, ou seja, altura, largura e profundidade da região a ser avaliada. Esse tem sido o exame que mais tem crescido nas solicitações de auxílio ao diagnóstico dos dentistas, pois sua imagem é completa para diagnóstico, principalmente para implantes, cirurgias e outras especialidades.

Os Laudos Radiográficos são executados por um cirurgião dentista especialista em Radiologia Odontológica e irá auxiliar na localização de possíveis alterações na estrutura óssea do paciente ou na localização de patologias dos maxilares.

A Documentação Radiológica Odontológica vem sendo cada vez mais difundida entre os grandes profissionais e com isso gera algumas dúvidas na população pelo receio do uso dos raios X. No caso específico das radiografias odontológicas, utilizamos aparelhos com doses de radiação muito baixas e contamos ainda com a proteção adicional de aventais plumbíferos e protetores de tireóide e isso faz com que a execução desses exames, quando realizados por profissionais capacitados e equipamentos eficientes, não ofereça risco a saúde dos pacientes e sim o contrário, ofereça o benefício de um diagnóstico precoce e a segurança de um acompanhamento criterioso por parte do cirurgião dentista, resultando em um tratamento de sucesso e excelência.

 

Ana Paula Prestes Virmond Traiano
Graduada em Odontologia pela Universidade Paranaense
Especialista em Prótese Dentária pela APCD – Regional Araçatuba/SP
Especialista em Radiologia Odontológica e Imaginologia pela ABO – Regional Ponta Grossa/PR
Mestranda em Radiologia e Imaginologia pela Faculdade São Leopoldo Mandic em Campinas/SP

0 Comentários

A importância do exame radiográfico para o diagnóstico no tratamento odontológico, por Ana Paula Traiano