Alimentos como propriedades funcionais, por Hanan Sleiman

Públicado em 20/06/2017
Imprimir
Hanan - Cópia

Apresentar propriedade funcional, de acordo com a ANVISA, indica que um alimento atua no papel metabólico ou fisiológico do organismo humano, mantendo as condições normais em relação ao crescimento e ao desenvolvimento do indivíduo que o ingere, além de fornecer suas funções nutricionais.

Entre as diversas substâncias químicas com essa propriedade, se enquadram os carotenóides encontrados no tomate, salsa, laranja, espinafre; os flavonóides encontrados em suco de uva e vinhos; os ácidos graxos, na forma de ômegas; os probióticos que são microorganismos vivos, como os Lactobacillus e os prebióticos que são as fibras alimentares disponíveis em grãos, vegetais e frutos.

Esses podem ser diariamente ingeridos através da alimentação de forma regular e adequada, modificando o risco de doenças ou retardando seus aparecimentos. Diversos são os benefícios comprovados cientificamente dessas substâncias sobre o nosso metabolismo, que variam desde a ação antioxidante, melhora de funções intestinais, prevenção de diversos tipos de câncer e até mesmo a redução do risco de doenças cardíacas.

Dessa forma, o mais adequado é procurar manter uma alimentação variada e equilibrada, tanto em quantidade quanto em qualidade, incluindo alimentos de todos os grupos, com suas funções naturais e específicas, garantindo qualidade de vida e longevidade.

 

Hanan Sleiman
Graduada em Farmácia pela Universidade Estadual do Centro-Oeste
Mestre em Farmácia pela Universidade Estadual do Centro-Oeste
Doutoranda em Ciências Farmacêuticas pela Universidade Estadual do Centro-Oeste

0 Comentários

Alimentos como propriedades funcionais, por Hanan Sleiman