Indústria 4.0 é tema de palestra na Guairacá

Públicado em 12/06/2017
Imprimir
foto - Cópia

O Colegiado de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas da Faculdade Guairacá recebeu o Consultor SAP Adriano dos Santos Lucas nessa segunda-feira, 12, para a palestra ‘Indústria 4.0: o que as empresas esperam de você nos próximos anos?’.

Adriano é Consultor SAP da MDL Consulting, Mestre em Ciência da Computação e possui mais de 5 anos de experiência como analista de requisitos e analista de desenvolvimento de produto e processo,  atuando em todo o ciclo de vida do produto, fazendo a interface entre as áreas de hardware/software/mecânica, até a entrega para o cliente. Na ocasião, ele dividiu um pouco da sua experiência profissional e trouxe importantes informações sobre ferramentas e tecnologias que envolvem o tema da palestra e o mercado de trabalho.

A Indústria 4.0 é um conceito que começou a ser implantado a partir de 2013. O fundamento básico dessa nova concepção aponta que os processos de produção tendem a se tornar cada vez mais eficientes, autônomos e customizáveis. Isso significa uma nova era no âmbito das grandes revoluções industriais, pois com as fábricas inteligentes, diversos setores do mercado sofrerão o impacto provocado pela mudança dos produtos manufaturados.

Diante desse novo cenário, conforme o palestrante apontou, é importante estar atento ao que as empresas estão exigindo. Ter um diploma e domínio de uma língua estrangeira já não são mais considerados diferenciais de carreira. “Vocês, futuros profissionais, são importantíssimos para a Indústria 4.0, mas apenas se estiverem preparados e capacitados. Os processos industriais e produtivos estão transformando o mundo em que vivemos e quem quiser obter sucesso terá que adquirir novas habilidades”.

O palestrante apontou que, dentre as habilidades e capacidades exigidas nesse novo cenário, estão: entender de gente e saber se comunicar, tomar decisões baseadas em dados, saber fazer e não apenas saber, saber aprender, comprometimento com resultados, ser proativo e pensar de forma sistêmica.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

*