Recordações e homenagens marcam cerimônia de 10 anos do curso de Psicologia na Guairacá

Públicado em 01/09/2017
Imprimir
foto - Cópia

Uma cerimônia marcada por recordações e homenagens. Assim foi o encontro nessa quinta-feira, 31, que reuniu acadêmicos, professores e egressos do curso de Psicologia da Faculdade Guairacá, que nesse ano comemora 10 anos de existência.

A professora Joseane de Souza foi a primeira coordenadora do curso na instituição, posto onde ficou por 1 ano e meio. O convite, segundo ela, foi recebido com um misto de sentimentos. “Alegria, medo, ansiedade e insegurança, pois realizar um projeto que envolve a vida de tantas pessoas não é tarefa fácil. Para mim, ser psicólogo é uma missão e não uma profissão. Uma missão de construir um mundo mais humano, onde as pessoas possam se encontrar e buscar a satisfação, para dar um sentido para a vida”.

Seu grande objetivo na elaboração do projeto do curso era formar profissionais que fizessem a diferença em suas áreas de atuação, comprometidos com o bem-estar das pessoas e na luta por algumas mudanças na área da saúde e da educação. “É preciso mais do que estrutura material, física e de lindas teorias, mas um compromisso e responsabilidade das pessoas envolvidas no projeto, e também, a vontade e a persistência de enfrentar o desafio de se mudar e se refazer constantemente”. Para isso, Joseane reviu teorias e pesquisou outras instituições, adaptando o projeto para a realidade local e, acima de tudo, para as questões sociais. “Quatro alicerces dão sustentação para o curso de Psicologia na Guairacá, que acredito serem fundamentais para um psicólogo exercer sua profissão: humildade, ética, compromisso social e conhecimento”.

Carine Suder Fernandes, psicóloga do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), foi professora do curso durante 6 anos. Ela contou ser grata à Faculdade Guairacá pela oportunidade e pelas ricas experiências adquiridas nesse período. “Foi uma das minhas primeiras experiências profissionais, a primeira como professora, e representou um aprendizado imenso. Aceitei o desafio de buscar aprender sempre mais como professora e principalmente de rever e flexibilizar alguns padrões que tinha. É um tempo que levarei comigo para sempre”.

Lilian Karin Nogueira Soares é egressa da primeira turma de Psicologia na Guairacá. Para ela, a formação humana foi um dos grandes diferenciais do curso, que despertaram verdadeira paixão pela profissão. “Os professores nos proporcionaram uma formação excelente. Parte desse amor que temos pela área hoje certamente veio deles, pela forma que nos ensinaram e pela autonomia que nos davam. Quando olhamos para trás, estudantes da primeira turma, vemos o quanto crescemos. A Psicologia realmente transforma as pessoas”.

Uma das grandes alegrias do egresso Weslley Kozlik Silva foi, logo após formado, receber o convite para compor o corpo docente do Colegiado de Psicologia na instituição. “Tento passa adiante o legado que deixaram para mim enquanto estudante. Vejo a docência como um trabalho compensador e me sinto completamente realizado na profissão”.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

*