O profissional de Educação Física como agente promotor da saúde, por Flavia e Júlio César Martins

Públicado em 12/03/2018
Imprimir
educação física

Nas últimas décadas ocorreram transformações profundas na sociedade em decorrência de vários fatores, como o crescimento acelerado da população, aumento da expectativa de vida, enorme aglomeração de pessoas nas regiões urbanas e o avanço tecnológico.

Diante deste contexto, várias questões relacionadas ao estilo de vida se tornaram relevantes, como a necessidade de combater o aumento alarmante das doenças crônicas não transmissíveis a partir da valorização da promoção da saúde.

A promoção da saúde é um processo que visa contribuir para o desenvolvimento do bem-estar das pessoas e da sociedade, em prol de melhorias na qualidade de vida. Integrante deste processo, como agentes promotores da saúde, estão os profissionais da saúde e entre eles o profissional de Educação Física. Desta forma, o mesmo deve ser capaz de intervir nos campos da prevenção, promoção, proteção e reabilitação da saúde.

Como compreender o conceito de promoção da saúde incide, entre outros fatores, sobre as ações e relações do profissional de Educação Física, torna-se relevante que este profissional reflita sobre o seu entendimento em busca de compreender a sua atuação profissional.

Existem atuações profissionais na Educação Física como orientação exclusiva em condicionamento físico em prol da estética e práticas profissionais direcionadas ao aprimoramento de questões técnico-táticas relacionadas às habilidades esportivas voltadas ao alto rendimento. Porém, sabe-se que esta aplicabilidade não condiz com intervenções e resultados necessários às intenções de todo e qualquer ser humano.

Sendo assim, mesmo que existam habilitações que possibilitam direcionar as práticas profissionais ao alto rendimento e à estética, por outro lado há uma linha de conhecimento relacionada à atividade física e saúde, em que os profissionais têm a preocupação em orientar e prescrever exercícios físicos direcionados à saúde.

Diante deste campo de atuação, podemos perceber a atuação de profissionais de Educação Física atuando em diversos ambientes como clubes, academias, centros de treinamento esportivo, clínicas de saúde, unidades básicas de saúde, entre outros.

Com os avanços incessantes do conhecimento nas Ciências da Saúde, torna-se imprescindível que o profissional de Educação Física reflita sobre suas atuações profissionais e se atualize constantemente, em busca de se aprimorar por meio de educação continuada e permanente, em prol de melhorias na atuação profissional, e diante desta temática em específico, a promoção da saúde.

 

educação físicaFlavia Angela Servat Martins
Graduada em Educação Física pela Universidade Estadual do Centro-Oeste
Especialista em Educação Inclusiva pela Universidade Castelo Branco
Mestrado em andamento em Ensino de Ciências da Saúde pela Faculdades Pequeno Príncipe

 

 

 

educação física

Júlio César Lacerda Martins
Graduado em Ciências militares pela Academia Militar das Agulhas Negras
Graduado em Educação Física pela Escola de Educação Física do Exército
Especialista em Educação Física Escolar pela Faculdade Guairacá
Especialista em Aperfeiçoamento em Operações Militares pela Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais
Especialista em MBA em Gestão do Conhecimento na Educação Superior pela Faculdade Guairacá
Mestre em Ciências Militares pela Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais
Mestre em Ensino nas Ciências da Saúde pelas Faculdades Pequeno Príncipe

0 Comentários

O profissional de Educação Física como agente promotor da saúde, por Flavia e Júlio César Martins