Projeto Ela Empreendedora da Faculdade Guairacá forma sua primeira turma

Públicado em 07/02/2018
Imprimir
Projeto Ela Empreendedora

Aconteceu nessa quarta-feira, 07, a cerimônia de formatura da primeira turma do projeto Ela Empreendedora no curso de Auxiliar de Cozinha. O projeto é desenvolvido pela Faculdade Guairacá em parceria com a Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres, Sebrae, Shopping Cidade dos Lagos e as Varas Penais do Fórum de Guarapuava.

A Faculdade Guairacá, em parceria com o Sebrae através do projeto Educação Empreendedora, desenvolve ações que impactam no desenvolvimento social e econômico da região. O projeto Ela Empreendedora está inserido no Educação Empreendedora e visa preparar mulheres em situação de vulnerabilidade social para enfrentar os desafios do mercado de trabalho, capacitando-as nas áreas de maior necessidade do empresariado guarapuavano. O Diretor Geral da Faculdade Guairacá, Prof. Ms. Juarez Matias Soares, se referiu com muita alegria do projeto. “Esse é um momento muito especial para a Faculdade Guairacá, porque o projeto Ela Empreendedora vem de encontro com a missão da instituição, de servir a sociedade”.

O prefeito César Augusto Carollo Silvestri Filho também esteve presente na cerimônia e parabenizou grandemente a iniciativa. “O grande mérito dessa ação é da Faculdade Guairacá, que mobilizou seus profissionais e mostrou com isso um profundo e verdadeiro comprometimento com a nossa cidade e isso é algo que me emociona. Daí a importância de ter instituições nossas que vivem a nossa realidade, vivem os nossos sonhos e sofrem com os nossos problemas”.

A Meritíssima Juíza de Direito da 3ª Vara Criminal da Comarca de Guarapuava, Carmen Silvania Mondin, ressaltou que ações como essa minimizam a interferência do Poder Judiciário e, ao mesmo tempo, trabalham na autonomia dessas mulheres. “Esse é um projeto totalmente inovador. Ele foi apresentado no Fórum Nacional de Juízes de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher onde percebemos que, no Brasil, não existe projeto como esse. Por meio dele acreditamos e temos a certeza que se a mulher tiver autonomia financeira ela consegue ter uma autonomia emocional, além de todos os aspectos da sua vida”.

A Consultora do Sebrae Marcia Beatriz da Silva falou sobre a importância do projeto para as participantes e consequentemente para a sociedade. “O Ela Empreendedora gera novas oportunidades para essas mulheres por meio de capacitações e estimula o empreendedorismo, tanto para buscar um emprego como para gerar o seu próprio negócio. São oportunidades que se abrem e certamente fará muita diferença em toda sociedade”.

Ronilda Ruteski foi uma das participantes do curso de Auxiliar de Cozinha. Ela contou que foram semanas de muito aprendizado para a vida. “Foi maravilhoso participar porque, além de fazer amigos, eu aprendi a cozinhar de uma forma melhor para o mercado de trabalho. Já cozinhava, mas não tão bem quanto agora”. Ronilda já fez uma entrevista de emprego e aguarda a contratação no Shopping Cidade dos Lagos.

2 Comentários

  1. Debora disse:

    Ola, quando e como posso me inscrever para a proxima turma

Deixe o seu comentário!

*