Acontece na UniGuairacá

42 99102-2239 Frequentes na Uniguairacá

Alunos de Administração representam a UniGuairacá e levam 1° lugar no Projeto Inova Terra dos Pinheirais

O projeto dos alunos consistia em transformar lixo couro em celulose, com um modelo de negócio de transformar os resíduos em receita de mais de 3 mil reais a tonelada.

16/12/2021 20h47

Uma iniciativa inovadora, desenvolvida pelos alunos do 5° período de Administração da Faculdade Guairacá de Prudentópolis, transforma lixo em dinheiro. Os alunos Luis Gustavo Michelin, Valdinei de Siqueira e Edson Bobalo, participaram do Projeto Inova Terra dos Pinheirais como representantes discentes da UniGuairacá Centro Universitário. Este projeto foi realizado pelo Sebrae, com as orientações do professor Fernandes Pietrobon, iniciado em setembro e concluído em dezembro.  

O projeto dos alunos consistia em transformar lixo couro em celulose, porque a indústria de artefatos de couro gera muitos resíduos com elevado custo para a destinação correta (devido a possibilidade de contaminação por cromo). O couro pode ter diversos usos com a transformação, como por exemplo tornar-se papel e outros produtos. 

“Ficamos felizes em poder representar a UniGuairacá e em específico nossa querida Faculdade Guairacá de Prudentópolis, uma vez que a instituição era uma das parceiras do SEBRAE para a realização da capacitação ofertada de maneira totalmente gratuita”, afirmam os acadêmicos. 

O modelo de negócio para o projeto foi transformar os resíduos em receita de mais de 3 mil reais a tonelada. E atualmente o mercado de celulose de fibra vegetal (fibra curta) apresenta custos de produção na ordem de 5 mil reais a tonelada. 

Eles apresentaram o Pitch: MultiSkin Paper, Transformando Lixo em Dinheiro, conquistando o 1° lugar no projeto. Entre os prêmios, os alunos ganharam uma viagem em missão técnica para um polo de inovação a ser definido. 

“Seguiremos com o desenvolvimento da ideia em 2022 e 2023 através de nosso trabalho de conclusão de curso e pela Guairacá Lab (Incubadora da UniGuairacá), onde também fomos agraciados como vencedores do edital de incubação”, finalizam os alunos. 

Acesse o material clicando aqui.