Acontece na UniGuairacá

42 99102-2239 Frequentes na Uniguairacá

Um copo meio cheio, por Drielle Strugal e Joelmir Mazon

O copo está meio cheio ou meio vazio? De acordo com a expressão popular, tudo depende do ponto de vista de quem observa.

17/06/2021 10h06

O copo está meio cheio ou meio vazio? De acordo com a expressão popular, tudo depende do ponto de vista de quem observa, se pessimista o copo está meio vazio, se otimista o copo está meio cheio. Diante da atual situação que assola o mundo, como você percebe o copo?

Fonte: freepik.com

Fonte: freepik.com

Vamos refletir sobre os fatos! Em tempos pautados por mudanças radicais e imediatas, sabemos que a realidade social e econômica não é equitativa e isso de fato é um grande problema que atinge toda a sociedade. Embora o momento que vivemos não seja assim tão favorável, precisamos enxergar os “efeitos colaterais positivos” desta pandemia. Aos poucos, para diminuir o distanciamento de forma segura, algumas soluções foram se desvelando em todas as esferas sociais.

A busca por alternativas para mitigar a impossibilidade da realização de eventos que antes eram estritamente presenciais estimularam e, por que não dizer, forçaram a melhoria e a otimização de tecnologias e ferramentas para videoconferência, que até então eram em sua maioria problemáticas e nem sempre eficientes. Professores puderam apresentar suas aulas de casa usando lousas virtuais, juízes e advogados puderam utilizar de sessões com encontro remoto para audiências, legisladores podem votar projetos de suas casas e reuniões profissionais ou familiares das mais corriqueiras podem ser realizadas com apenas alguns cliques de forma bastante satisfatória.

Visando inserir-se no cenário global, instituições de ensino e pesquisa buscam o que há de mais moderno para disponibilizar o acesso a cursos de capacitação, seminários, congressos, eventos gerais nacionais e internacionais, já que pela internet podemos chegar do outro lado do mundo.

Neste sentido, nunca houve tamanha facilidade e ofertas de possibilidade de acesso ao conhecimento e a pessoas como agora. Aulas preciosas que só poderíamos participar presencialmente e após longas viagens e custos, podem ser acessadas no Youtube, contatos com professores ou especialistas que antes só poderiam ser possíveis pessoalmente, por texto ou por voz, podem ser realizadas cara a cara, processos seletivos cansativos e onerosos podem ser realizados de forma remota, participação em eventos científicos como congressos, simpósios e palestras que podem ser realizados no conforto de sua casa. 

Além da oferta de cursos e compartilhamento de conhecimento gratuito, estas novas tecnologias também resultaram em alternativa de renda para muitos profissionais, que podem ofertar cursos de grande especificidade e que podem ser realizados remotamente por determinado custo.

A pandemia nos fez repensar e atingir alternativas para velhos problemas, forçando mudanças em relação à comunicação e acesso à informação que vieram para ficar. Como diz o pensador: “a necessidade é a mãe de todas as invenções”, portanto, mesmo em tempos de dificuldades devemos dar importância ao que aprendemos com ela e de como as superamos. Enxergar o copo meio cheio é sempre possível!