Trabalhos do Projeto Integrador são premiados no encerramento da Jornada Odontológica

Públicado em 07/06/2018
Imprimir
jornada odontológica

A premiação dos melhores trabalhos científicos produzidos durante o Projeto Integrador marcou o encerramento da I Jornada Odontológica da Faculdade Guairacá nessa quarta-feira, 06.

O trabalho intitulado ‘Lentes de contato dental: relato de um caso clínico’ foi o grande vencedor na categoria ‘banner’. A acadêmica Deisy Cordeiro explicou que a busca pelo sorriso perfeito faz com que muitas pessoas procurem tratamentos odontológicos que ofereçam a estética desejada, juntamente com uma excelente funcionalidade dos elementos dentais. Diante desse contexto, seu grupo apresentou o caso clínico de um paciente com estética corrigida por meio de lentes de contato dental. “Saber mais sobre esse assunto que está em alta no mercado odontológico foi uma experiência única. Todos do nosso grupo se identificam com a parte estética e, por meio dessa pesquisa, pudemos perceber que reparos minimamente invasivos dão uma diferença enorme, melhorando a estética e funcionalidade dos elementos dentais, além de colaborar para a autoestima do paciente”.

A Odontologia é mais que cuidar do sorriso. É cuidar do bem-estar das pessoas, é trabalhar na prevenção do indivíduo como um todo, é construir um futuro melhor. E quando o assunto é criança, as premissas são as mesmas. A acadêmica Chiliane de Souza Carvalho abordou o tema juntamente com o seu grupo. O trabalho deles, intitulado ‘Alanna do Bem’, também foi um dos premiados na jornada. “Fomos até Irati para acompanhar um projeto de cirurgiões dentistas que realizam trabalho voluntário com crianças carentes. Surgiu o interesse pelo tema por se tratar de algo que realmente ajuda a sociedade e foi muito gratificante poder conhecer mais desse trabalho. Espero algum dia também poder dar a minha contribuição”.

Ao final das premiações, a professora e uma das organizadoras, Ana Paula Prestes Virmond Traiano, afirmou que o evento se encerra com chave de ouro. “Não adianta o aluno aprender apenas como fazer um procedimento, mas precisa também saber da sua fundamentação e sempre se questionar. Isso vem somente por meio da pesquisa. Por isso alcançamos o objetivo da jornada, de plantar a semente da ciência no coração de cada um”. Tamanho sucesso, de acordo coma professora, todos já falam das próximas edições. “Nos surpreendemos com o número de inscrições dos cirurgiões dentistas de toda a região, com a forte adesão em toda a programação, além da qualidade das palestras, dos paineis e dos artigos científicos. A vontade que eu vejo nos alunos de ter a segunda jornada para nós é sinal de sucesso”.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

*