Acontece na UniGuairacá

42 99102-2239 Frequentes na Uniguairacá

Dia D do Novembro Vermelho conscientiza sobre a prevenção e combate precoce do câncer bucal

Durante o evento, foram 78 pacientes atendidos e encontradas 8 lesões suspeitas.

08/11/2023 13h53

Nesta terça-feira, 07, a Praça 9 de Dezembro em Guarapuava foi palco de uma ação de conscientização sobre a importância de prevenir e combater precocemente o câncer bucal. Esse foi o Dia D da campanha Novembro Vermelho, uma iniciativa do Colegiado de Odontologia da UniGuairacá Centro Univeritário que recebeu o apoio do Governo do Estado do Paraná.

O câncer de boca representa um sério problema de saúde pública, devido aos diagnósticos tardios e às altas taxas de mortalidade associadas a essa doença. No Brasil, a incidência de câncer bucal é considerada uma das mais altas do mundo, ocupando a oitava posição entre os tipos de câncer mais frequentes. As regiões Sudeste e Nordeste apresentam as maiores taxas de incidência e mortalidade da doença. Fatores de risco como o uso de tabaco e álcool desempenham um papel significativo no desenvolvimento do câncer bucal.

No Paraná, a estimativa para o ano de 2023 é de 920 novos casos, sendo 720 casos em homens e 200 em mulheres. É um problema de saúde que exige atenção e ação imediata.

A Lei Estadual nº 19.868/2019, proposta pelo Deputado Ademar Luiz Traiano, instituiu no Paraná o Novembro Vermelho, uma campanha de conscientização sobre o câncer bucal. Neste ano, a programação é realizada em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde, Secretarias Municipais de Saúde, o Legislativo do Estado do Paraná, a Associação Brasileira de Odontologia (ABO-PR), CRO-PR, universidades públicas e particulares, entidades sociais e a comunidade local.

Durante o Dia D, 78 pacientes foram atendidos, e foram encontradas 8 lesões suspeitas. Dessas lesões, 6 foram identificadas em pacientes do município de Guarapuava, 1 no município de Pinhão e 1 em Goioxim. Essas detecções reforçam a importância da campanha e da conscientização pública.

A professora Ana Paula Traiano, uma das responsáveis pela campanha, enfatizou a importância do Novembro Vermelho. "A Lei está em vigor desde 2019, e Guarapuava foi pioneira nesse processo. Durante a campanha, realizamos capacitações para cirurgiões-dentistas e coordenadores da saúde bucal. Também alertamos a população sobre a importância do exame e os fatores de risco, como a exposição ao sol sem filtro solar, sexo oral sem preservativo devido ao vírus HPV, tabaco, álcool, dieta pobre em frutas e legumes, inclusive próteses dentárias mal adaptadas”. Ana Paula destacou que geralmente o câncer bucal tem uma manifestação silenciosa, por isso a importância do exame. “Esses alertas são cruciais para a população, e é fundamental que as pessoas busquem informações e consultem seus dentistas. Na UniGuairacá, temos a Policlínica à disposição, onde atendemos durante todo o ano letivo”.