Acontece na UniGuairacá

42 99102-2239 Frequentes na Uniguairacá

Judoca da Randori/UniGuairacá, Camile Tavares participa de treinamento de campo feminino das equipes de base

A judoca ficou muito feliz pelo convite, resultado da sua dedicação nos últimos anos.

28/06/2021 13h00

A judoca Camile Tavares, da Academia Randori/UniGuairacá, participa de 21 a 29 de junho do Treinamento de Campo Feminino das Equipes de Base sub 18 de Pindamonhangaba.

A judoca ficou muito feliz pelo convite, resultado da sua dedicação nos últimos anos. “Para mim é de grande importância estar aqui. Se eu fui convidada, significa que todo meu esforço e treinos pesados estão valendo a pena e que estou sendo reconhecida por isso. É bom também para que eu consiga adquirir novos conhecimentos e melhorar ainda mais meu judô”.

Camile afirmou que tem aprendido muito com a experiência. “Nestes dias que estou aqui já aprendi muito e vou levar comigo para que possa treinar e me aperfeiçoar cada vez mais”. A atleta contou que diversas medidas foram e estão sendo tomadas para a realização das atividades em segurança. “Todo cuidado sempre é pouco. Antes de vir fiz um teste de Covid, quando chegamos aqui fiz outro. Temos álcool no nosso quarto e usamos máscaras constantemente”.

A jovem tem o sonho de participar de uma olimpíada ou de um mundial. Em 2019, foi campeã em torneios estaduais, nacionais, no Pan-Americano e Sul-Americano, e também, foi terceira colocada do ranking nacional da modalidade. Infelizmente, não realizou o sonho do mundial pelo fato de não ter 15 anos completos, uma exigência da organização. No início de 2020, também teve sua viagem para Croácia cancelada devido à pandemia. 

Dedicada e extremamente comprometida com a prática esportiva, mesmo com o distanciamento dos tatames Camile manteve seu acompanhamento nutricional e seus treinamentos de judô, jiu jitsu, funcional e musculação. A jovem também recebe acompanhamento com a psicóloga Jaqueline Puquevis, que teve e tem um papel muito importante, principalmente nesse momento pandêmico. Camile é aluna do Colégio Guairacá e, pela sua força na modalidade, mantém convênio firmado com a UniGuairacá, Prefeitura Municipal de Guarapuava, Geração Olímpica e com o Ministério do Esporte.